Quatro anos (ou quase) de Exercine

Não gosto de deixar o aniversário do blog passar em branco, apesar de ter deixado o ano passado inteiro passar em branco. Acho que escrever é um exercício para o qual eu nem sempre tenho inclinação ou aptidão. Foi bom ter voltado, apesar de ainda estar voltando aos poucos, pulando meses e deixando mais espaços em branco do que preenchidos. Seja como for, parabéns para o Exercine e parabéns para mim que, mesmo com todas as falhas, estou orgulhosa por finalmente poder dizer que mantenho um blog. Nenhuma das minhas outras tentativas durou tanto, e essa está longe do fim. 

Voltando

Depois de mais de um ano sem atualizações, sinto que é hora de retomar as atividades do Exercine. Me sinto motivada novamente a produzir e postar. Obrigada a todos os que me pediram para voltar (online e offline) e que me incentivam todos os dias. Espero corresponder à altura.

Sem mais, vamos lá!

Recadinho

O blog está parado há mais de seis meses. Difícil explicar o que aconteceu. Foi uma mistura de falta de ânimo para escrever com falta de motivação para tocar um blog sem saber exatamente o alcance dele. Tem horas que a gente não pode mais se enganar, por mais que você escreva para si próprio, não ter retorno nos comentários é difícil. Mas caso alguém esteja lendo, eu gostaria de dizer que não me esqueci do Exercine e que pretendo voltar a postar em breve. 
Obrigada. 

Dois anos de Exercine.

Eu nunca poderia imaginar que este blog duraria tanto tempo e com tamanha constância de atualizações. Sim, ele nem sempre se chamou Exercine, nasceu como “De tudo um pouco, de cinema um muito”. Pois é, títulos realmente não são o meu forte. A troca para Exercine não mudou a proposta essencial do blog, mas é um nomezinho melhor, não é?
Após tentar manter vários blogs, que acabaram fracassando, perceber que consigo manter uma média de 4,5 atualizações por mês, com mais de 6 mil visualizações de página é muito gratificante. Sim, blogs de sucesso tem mais de 6 mil visualizações em um único dia, não em dois anos, mas estou feliz com meus números.
Essa experiência tem me ensinado muito. A primeira lição é que escrever é um exercício, requer disciplina e dedicação. Eu não ganho um centavo pelos textos que escrevo, não participo exibições especiais de filmes para a impressa e tenho que pagar os ingressos do cinema do próprio bolso, mas encaro o Exercine como um compromisso e isso faz toda a diferença.
Assim, queria agradecer a todos que acompanham o blog e a todos que já fizeram algum elogio. Nunca recebi uma crítica negativa, mas se alguém estiver pensando em alguma, sinta-se à vontade para compartilhá-la. Sei que ainda tenho muito que aprender e evoluir e espero contar com a ajuda dos leitores para isso.
Apesar de não receber muitos comentários e de só conhecer uma meia dúzia de pessoas que lêem o blog, estou muito orgulhosa e comemorando essa data como se fosse meu próprio aniversário. E que venham mais dois anos.