Aquecimento pré-Oscar – Clube de compras Dallas (Dallas Buyers Club)

Categorias em que concorre: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Original, Edição de Filme, Cabelo e Maquiagem.
Inspirado na história real de Ron Woodroof, um eletricista texano diagnosticado com AIDS em 1986, Clube de Compras Dallas (Dallas Buyers Club) apresenta como pontos altos as excelentes atuações de Matthew McConaughey e Jared Leto.

O início do filme não deixa dúvidas sobre quem é Ron Woodroof (Matthew McConaughey). Ele é visto consumindo drogas, álcool em excesso e fazendo sexo com o máximo de mulheres possíveis. Além disso, ele é evidentemente homofóbico, o que, não se pode esquecer, era atitude comum por parte de heterossexuais em 1985, época em que o filme é ambientado. Após um acidente de trabalho em que leva um choque, Ron vai parar no hospital onde é diagnosticado com HIV positivo e lhe é dada uma previsão de 30 dias para viver.
Para orientar o espectador e não deixar dúvidas quanto ao estado mental e de espírito do personagem, o filme passa a ser interrompido com cartelas com a contagem dos dias: dia 1, dia 7, dia 28. A princípio, Ron passa por estágios de negação e abatimento. Quando esses sentimentos passam, ele decide que irá buscar um jeito de viver.
Matthew McConaughery como Ron Woodroof
A princípio por egoísmo, Ron busca todo o tipo de medicamentos que ele acredita que prolongarão sua vida, mas que não são comercializáveis nos EUA por não serem regulamentados pela FDA, a agência americana de regulação de comidas e medicamentos.  Enquanto isso, uma nova droga é testada, a AZT. Apesar dos altos investimentos no medicamento, Ron percebe que ele produz efeitos positivos em poucos pacientes, e efeitos negativos em longo prazo. Com o auxílio de um médico mexicano que gerencia um hospital clandestino, Ron descobre medicamentos mais eficazes que, ao invés de tentarem eliminar o vírus, tratam os sintomas da doença, melhorando efetivamente a qualidade de vida e a longevidade dos pacientes.
A identidade de Ron muda ao passar do tempo. De machão egoísta, ele se torna quase generoso, e advoga pela causa daqueles que precisam de tratamento contra doenças terminais e se vêem com opções de medicamentos limitadas pelas regulamentações da FDA, que muitas vezes apenas servem ao interesse de grandes corporações.
AIDS e o preconceito na década de 1980
A primeira reação de Ron ao saber que tem AIDS é a indignação, a princípio, não por estar contaminado, mas por estar, em suas palavras, “sendo chamado de bicha”. Na década de 1980 a AIDS ainda era uma doença pouco conhecida, pouco estudada, e descrita na literatura médica como ocorrente principalmente em grupos homossexuais. Essa descrição contribuiu com o preconceito de que só tinha HIV quem era homossexual.
Em uma de suas idas ao hospital, Ron conhece Rayon (Jared Leto), um travesti com AIDS que participa do grupo de testes do AZT. Rayon ajuda Ron a vender seus medicamentos contrabandeados à clientela homossexual.   A amizade dos dois, bem como o crescente contato de Ron com homossexuais mina seu preconceito.
Jared Leto como Rayon
Apesar da montagem e cinematografia interessantes, o que chama a atenção em Clube de Compras Dallas são as atuações de McConaughery e Leto, nomeados respectivamente nas categorias de Melhor Ator e Ator Coadjuvante. Ambos extremamente magros, eles demonstram uma entrega tão intensa a seus personagens que são suficientes para que o filme seja atrativo e até mesmo comovente.
Categorias em que tem mais chance: é possível apostar em Clube de Compras Dallas como vencedor nas categorias de melhor ator coadjuvante e cabelo e maquiagem, mas não muito mais. O prêmio de melhor ator também é muito possível para McConaughery.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s