Tintin sob a batuta de Spilberg

Dirigido por Steven Spilberg, As Aventuras de Tintim: o Segredo do Licorne estréia hoje, tanto em projeções em 2D como em 3D. Trata-se do primeiro filme de animação dirigido por Spilberg, além do primeiro de uma trilogia de filmes sobre Tintim. Apesar de estar estreando na área, Spilberg é um diretor mais do que experiente, e Tintim é um personagem mais do que conhecido por diversas gerações. Dessa combinação surge um filme brilhantemente executado, divertido e empolgante.
Tintin e seu fiel cãozinho Milou
Criado por Hergé em 1929, o personagem Tintim é um jovem repórter que sempre acaba envolvido em investigações mirabolantes, envolvendo desde buscas a grandes tesouros até conspirações políticas. Sempre acompanhado por seu fiel amigo Milu, um cachorro com mais inteligência do que muito ser humano, Tintim é como um jovem James Bond com menos recursos tecnológicos, mas com a mesma habilidade para realizar feitos inacreditáveis.
No filme, Tintim já é um repórter famoso, publicamente reconhecido, o que inclusive rende uma divertida brincadeira com um cartunista que faz seu retrato logo na cena de abertura. Ao comprar um modelo de um navio, o Licorne, ele acidentalmente se coloca no caminho do poderoso Rackhan, cujo grande interesse pelo modelo desperta suspeitas. Tintim começa a investigar o mistério que envolve o navio, encontrando no caminho o bêbado capitão Haddock, que se revela como uma das peças mais importantes do quebra-cabeça e o melhor personagem do filme.
O bêbado Capitão Haddock tenta descifrar uma das pistas do mistério.
Spilberg já é o favorito ao Oscar de animação por Tintin, e não é à toa. A beleza das imagens digitalmente criadas chama a atenção para o nível de sofisticação que essa técnica atingiu, ainda mais quando bem guiada. As transições das cenas, como o barco que invade o deserto ou a história que se reflete em bolhas são a parte mais cinematograficamente interessante do filme.
Apesar do apelo infantil do filme, não leve aquele seu sobrinho de 5 anos, porque ele não vai gostar. Há cenas escuras de suspense, violência e algumas mortes. Pelo bem das crianças, vale a pena respeitar a classificação indicativa de 10 anos. 
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s